O que é tecido de renda e como trabalhar com ele

Tecido de renda – prós e contras

Tendo problemas para decidir se deve comprar um vestido de renda? Este artigo responderá às suas perguntas sobre o tecido de renda , incluindo o que o torna tão único e o que precisa ser cuidado adequadamente. Além disso, conheça suas vantagens e desvantagens. Continue lendo para descobrir por que está se tornando cada vez mais popular. E não se esqueça de conferir nossa galeria de vestidos de renda para lindos looks feitos com esse tecido texturizado. Você pode até comprar um vestido de renda online!

O que é tecido de renda?

tecido de renda
tecido de renda

Quando você está pensando em um novo material para suas roupas, pode ficar tentado a escolher rendas. Sua aparência de malha delicada confere uma estética feminina, e o material pode ser usado para diversas finalidades. Mas a renda não é uma solução rápida: requer planejamento cuidadoso, paciência e ferramentas diferentes. Aqui está o que você deve saber. Para criar a peça de renda perfeita, comece preparando os materiais.

Para melhores resultados, lave as roupas de renda à mão em água fria. Você também pode lavar roupas de renda na máquina com água fria. Certifique-se de usar um ciclo de máquina de lavar delicada e um saco de lavagem. Não use alvejante ou detergente para lavar as rendas, pois isso pode diminuir a durabilidade do tecido. Evite passar peças de renda, pois elas podem não aguentar bem a lavagem. No entanto, a limpeza a seco é uma opção melhor.

Embora a renda raramente seja transformada em produtos têxteis inteiros, ela é frequentemente usada como acento decorativo em estofados, utensílios domésticos e roupas. Seus desenhos costumam ter padrões geométricos e botânicos. A origem da renda não é conhecida, mas pesquisadores descobriram evidências do uso de tecido de renda em trajes funerários egípcios. De fato, o tecido de renda era popular em todo o Oriente Médio antes do Renascimento, e peças genuínas de tecido de renda foram descobertas em pinturas na Itália e nas cortes flamengas no século XV.

O tecido de renda pode variar de peso dependendo do seu estilo e design. A renda de chantilly é mais delicada que a renda de Lyon, enquanto a renda de bilros é mais pesada e é melhor para vestidos de noiva. Ambos são perfeitos para acentuar uma roupa. Ambos apresentam desenhos intrincados feitos de linha e são normalmente aplicados em papel manteiga. Quando você quiser usar renda para uma ocasião especial, considere adicionar um forro à peça.

Do que é feito o laço?

Se você não tiver certeza do que é renda, considere comprar um pacote de amostras. Estes tecidos rendados são usados ​​para dar o toque final às roupas. Eles são frequentemente usados ​​​​como parte de uma roupa festiva. Aqui estão alguns dos usos mais populares para este tecido. Deixe-nos saber o que você pensa nos comentários. A renda é um tecido que você usaria ou gostaria de evitá-lo? Uma empresa que produz tecidos de renda premium é a Riechers Marescot.

Fundada em 1831, esta empresa oferece designs únicos de rendas. A renda de folhas é particularmente popular para lingerie e alta costura. A marca também produz rendas exclusivas para dar elegância aos acessórios e bainhas das roupas. É fácil ver por que a renda Leavers é o tecido mais caro do mercado. É uma ótima opção para lingerie, vestidos de noite e muito mais.

Originalmente feito de seda ou linho, o tecido de renda é usado para decoração de casa e roupas. Os belos padrões são feitos cortando fios de material tecido e formando lugares abertos. Não se sabe exatamente quando a renda surgiu, mas os estudiosos acreditam que foi por volta do século XV. Trajes funerários egípcios antigos incluíam tecido de renda, e foi usado em todo o Oriente Médio durante séculos antes do Renascimento. No século XV, a renda genuína foi encontrada em pinturas italianas e flamengas. Então, a renda foi amplamente utilizada na Europa.

Os benefícios de usar tecido de renda

Usar tecido de renda é uma opção elegante para vestidos de noiva . Não só parece elegante, mas também adiciona um toque feminino a qualquer vestido. Além disso, está disponível em uma ampla gama de cores e estilos. Também é muito confortável de usar, e seus fios são duradouros, tornando-o perfeito para vestidos festivos. Ao escolher um tecido, tenha em mente seus prós e contras. Neste artigo, discutiremos as vantagens e desvantagens de usar rendas.

O primeiro benefício do tecido de renda é que ele parece único e reflete luxo. Além de ser usado em roupas, o tecido rendado também fica ótimo em itens de decoração para casa. Também é macio ao toque e seu toque é fresco e delicado. Na verdade, toda a indústria têxtil usa rendas. Mas a desvantagem é que é difícil de limpar. Portanto, é melhor secar o tecido de renda limpo para manter sua beleza.

Os contras de usar tecido de renda

Embora os tecidos de renda transparentes sejam finos e leves, eles ainda são suscetíveis ao pilling. Esses tecidos também só permitem a lavagem à mão, e rendas de baixa qualidade podem arranhar a pele. Apesar dessas desvantagens, muitas mulheres estão dispostas a ignorá-las em favor de seu apelo estético. Continue lendo para descobrir os prós e contras de usar tecido de renda em seu próximo projeto de roupas. Pese suas opções com cuidado e escolha a melhor. Afinal, você não quer perder uma peça de roupa que você sempre quis.

Outra desvantagem da renda é o seu preço. A menos que seja feito de fios sintéticos, pode ser muito caro. Além disso, não é fácil de limpar, e lavá-lo pode fazer com que ele encolha e se desfaça. A lavagem a seco é o melhor método de cuidar de tecidos de renda, e a lavagem à mão é uma ótima opção para quem hesita em gastar dinheiro. No entanto, o tecido de renda artesanal é mais caro do que os feitos à máquina, por isso pode ser melhor optar por um produto feito à mão se você quiser uma peça única.

A desvantagem do tecido rendado é que ele é extremamente delicado sem fios sintéticos . Além disso, também é caro e é impossível lavá-lo na máquina. Portanto, é melhor lavar a seco vestidos de renda. Se você estiver procurando por um tecido de renda artesanal de alta qualidade, considere optar por versões artesanais. Apenas certifique-se de comprar ao redor – o tecido de renda artesanal pode ser mais caro do que os feitos à máquina.

História do tecido de renda

A história do tecido rendado começa na Idade Média . As técnicas de confecção de rendas tornaram-se mais avançadas durante a Revolução Industrial, e máquinas foram desenvolvidas para automatizar o processo. No final do século 19, as técnicas de confecção de rendas estavam sendo usadas em todo o mundo, e o tecido de renda antes exclusivo para roupas européias tornou-se difundido. Hoje, no entanto, a renda é uma característica rara em roupas cotidianas. Este artigo abordará a história do tecido de renda e seus usos.

O nome renda vem do inglês médio e da palavra francesa antiga las, que são derivadas do latim laqueus, que significa laço. Existem muitas teorias sobre a origem da renda, mas o fato é que ela se desenvolveu a partir de outras técnicas têxteis. No século XVI, a renda tornou-se popular como material decorativo e era frequentemente usada para adornar casas e roupas. No final do século XVIII, as golas de renda tornaram-se moda, e uma gola de renda era um símbolo de status e era frequentemente usada pela classe rural. Durante a Revolução Industrial, a produção de renda aumentou e a renda tornou-se um tecido de destaque cada vez mais popular.

Antes da Revolução Industrial, havia poucas regras em relação ao vestuário e ao estilo de vestuário, de modo que os ricos proprietários de terras muitas vezes influenciavam a moda. Isso significava que a roupa era uma extensão de seu poder, pois pretendia projetar autoridade. Se os plebeus usassem uma gola de renda, eles seriam vistos como um desafio à liderança, o que os colocaria em clara desvantagem. Felizmente, a renda tornou-se um tecido popular novamente no século 17, quando começou um crescente comércio de algodão da Índia.

Como cuidar e limpar o tecido de renda?

Para manter a beleza de suas roupas de tecido rendado, siga as instruções de limpeza e cuidados na etiqueta. Lave as roupas de renda à mão e certifique-se de enxaguá-las bem. Após a lavagem, coloque-os para secar. Você também pode colocar roupas de renda em um saco de lavagem ‘delicado’ e lavá-las em um ciclo delicado. Use um detergente projetado para tecidos delicados para evitar que o tecido encolha.

Para limpar o tecido de renda, lave-o com um detergente suave, não com sabão. Lave-o duas vezes com água destilada. Deixe o item de molho na solução por 15 minutos. Em seguida, pressione suavemente com uma esponja natural. Não esfregue, pois você pode causar furos. Você deve sempre usar uma toalha seca depois de lavar a renda. Se não estiver seco, areje-o e seque-o novamente.

Roupas de renda nunca devem ser lavadas na máquina de lavar, pois o tecido é muito frágil. Em vez disso, coloque as roupas em um cabide e borrife-as com uma solução de água e vinagre. Não vai cheirar nada, mas pode fazer com que o tecido perca a forma. O tecido de renda também deve ser seco lentamente, pois tende a encolher e se tornar inutilizável com o tempo.